Documento sem título
QUEM SOMOS
Conheça a ONG
Bicho Legal
 
NOTÍCIAS
Artigos e curiosidades
 
SERVIÇOS
Como podemos ajudar
 
SAÚDE ANIMAL
Alimentação, vacinação, cuidados gerais...
 
MAUS TRATOS
Como agir e quem procurar
 
GUIA PRÁTICO
Acesse e conheça nosso guia
 
     
     
 
Notícia - Doação de Cães e Gatos (Parte 4) Doação de Cães e Gatos (Parte 4)

Adotar um cão ou gato é uma atitude linda. Sério, é uma atitude nobre e humilde.

Mas antes de sequer cogitar isso, você precisa ter a certeza de que essa decisão é a melhor a ser tomada, aliás, se ter um animal é realmente uma boa ideia.

Digo isso porque, adotar para devolver ou ainda abandoná-lo nas ruas daqui há algum tempo, definitivamente não é uma boa ideia.

Existem alguns pontos que você deve levar consideração e avaliar para não ter imprevistos e se arrepender.

Alguns Pontos para Levar em Consideração

Saber que todas as pessoas que moram na mesma residência que você estão dispostos em ter um novo membro na família e concordam com a adoção.

Estar ciente do temperamento e das características do animal que você escolheu. Como ele se comporta? É mais calmo, mais agitado? Quais são as suas características?

Pesquise MUITO antes de adotar um bichinho.

Uma ótima alternativa para responder essas questões é conversas com outros donos da mesma raça em grupos do Facebook, conversas com profissionais qualificados (veterinários, adestradores e até mesmo criadores).

Você precisa entender mais sobre o animal que pretende ter.

A questão financeira também importa!

Ter um animal é comprar alimentação de qualidade, idas ao veterinário, remédios, pet shop (caso não dê banho em casa), escovação, etc.

Tudo isso gera custo e você precisa saber dessas informações antes mesmo de adotar o seu cão ou gato.

Para quem é adepto da alimentação natural, pode sair um pouco mais barato!

Mas pelo menos R$200 de despesas no mês podem surgir. Isso se você não optar por um plano de saúde, por exemplo.

Atividades Físicas Diárias e Atenção

Os cachorros são completamente amorosos e dependentes de atenção e cuidados. Já os gatos, costumam ser mais independentes.

Mas ambos, precisam de carinho, dedicação e amor.

Como qualquer relacionamento, você precisa investir tempo de qualidade para brincar, etc.

Já falei que você precisa levá-lo para passear, né? Especialmente se você morar em apartamento.

É aí que com certeza será necessário pelo menos uns 40 minutos de caminhada diariamente.

Isso é algo essencial para controlar a ansiedade, fazê-lo gastar energia, socializar com outros ambientes fora de casa, fazer necessidades, etc.

Além de, para você tutor, ser uma ótima maneira de ter hábitos mais saudáveis.

E a Limpeza? Quem Cuida?

Outro ponto importantíssimo, que deve ser conversado com todos os membros da casa.

Seu animal vai fazer cocô e xixi dentro da sua casa e, até que ele seja treinado, ele provavelmente vai fazer em lugares que você não vai gostar.

Mesmo quando ele já estiver treinado, alguém precisa trocar o jornal, areia ou qualquer coisa que você use.

Quem vai cuidar disso? A pessoa já está ciente? Está concordando com isso tudo?

A ideia aqui não é ser chata ou dificultar a sua adoção de um cãozinho ou gatinho, mas te conscientizar que existem esforços que serão necessários diariamente para o bem-estar de todos.


Fonte: Blog Amor Aos Pets - https://amoraospets.com/doacao-de-caes-e-gatos/
Matéria gentilmente cedida por Le Nogueira- Vegetariana, amante dos animais (sem exceção), da família e de crianças - pedagoga em formação.
 
Documento sem título
Copyright © 2012 - 2014
Todos os direitos reservados